1 de julho de 2009

based on self-confidence :D

"Mas nunca perdia confiança em mim." - Je me bats (Kenza Farah).
Pode ser que vocês nunca escutaram essa música, mas não vem ao caso agora, estou expondo ela porque é exatamente o que eu quero falar sobre a confiança.
Em primeiro lugar, antes de você confiar nos outros e eles poderem confiar em você, cada um deve confiar em si mesmo, confiar em cada ato ou atitude que toma. Sem ter a auto-confiança de nada adianta tentar mostrar que você é uma pessoa confiável, porque tudo, tudo mesmo deve partir de você.
Na vida tudo se baseia na confiança, um olhar, um gesto, uma risada, e inclusive uma amizade. Aliás, para mim a base de toda a amizade é a confiança, pois, você tem de confiar MUITO em uma pessoa para considerá-la um amigo. Ao contar segredos, ao falar de alguém, ao contar uma coisa pessoal, e ao fazer tudo que é proibido você só faz com uma amiga, porque tem extrema confiança nela. E uma vez que é perdida, demora muito tempo para recuperá-la novamente, e as vezes nem recupera por inteiro.
A pior coisa que existe é quando você tem essa confiança perdida, e, quer ter a sua amizade de volta, mas não pode, porque a base dela não está mais ali para sustentá-la. É como se te dessem um soco no peito, nada mais faz sentido a partir dali.
No namoro, pelo que eu penso, tudo se baseia na confiança também. Namorar já é confiar em outra pessoa. É confiar no amor dos dois, nas palavras dele e não nas dos outros, é ter auto-confiança e saber que ele gosta de ti mesmo.
E uma traição? Para mim, não tem volta, quem foi capaz de trair uma vez, não vai deixar de fazer uma segunda, e ai a confiança se perdeu.
Na família, para você ter liberdade de fazer o que quiser também precisa da dita confiança ligada à verdade. Pois quando se mente, a verdade é omitida e a confiança é perdida, e como sempre diz minha mãe "quando eu desCONFIAR de você, nada mais vai me fazer confiar novamente". E eu acho isso muito certo da parte dela, porque falar a verdade é uma das mais bonitas virtudes de uma pessoa.
Mas a auto-confiança também nos ajuda a ter a auto-estima, até porque, quando você começa a confiar em si mesmo começa a se valorizar, e uma pessoa é bem mais feliz quando se olha no espelho e se acha linda, se acha poderosa e sabe que se confiar nela as pessoas vão a valorizar, pois sabem que ela tem um imenso valor.

6 comentários:

isabella M. disse...

Eu acho tão dificil confiar em alguem.. mas as vezes sem ver , eu já confiou demais,eu tenho uma amiga,eu confio muito nela,e eu nunca percebi isso,até um tempo atrás.

Elisa Mucida. disse...

Nathy, gostaria de te pedir qe saisse do Palavras Coloridas, porqe esse projeto é um PLÁGIO, do Bee Writer. A criadora plagiou os fins do projeto, descrição e o modo como irá funcionar.

Você pode comprovar vendo o meu projeto e sua data de criação na comunidade:
http://abelhasescritoras.blogspot.com/

E o projeto Palavras Coridas.
Me ajude a divulgar esse plágio. Obrigada, beeijos

Anna ; disse...

confiar é algo qe ta em mim, eu confio demais nas pessoas, conheço elas um dia e ja deposito todas as minhas esperenças qe poderia ser alguém legal, otima amiga, e papapa. no fim, eu sempre quebro a cara, agora to limitando isso, não confio de cara mais. acho qe aprendi ;x /toseguindoaqui *-*
me indentifiquei mt com o seu jeito nathy.

Isabella Diniz disse...

É difícil confiar, mas tem que dar oportunidades aos outros também, se não o mundo se fecha pra você e vira um cúbiclo de insegurança. e escolhe a dedo a quem confiar sua confiança, haha .
E amei teu texto , parabéns ! ;D

isabella M. disse...

tem selo pra você no meu blog ! :D

Annah. disse...

ameeei seu blog.
to te acompanhando.
voce escreve muito bem.
passa no meu?
e se gostar acompanha tambem.
beijos
http://annah528.blogspot.com/