27 de maio de 2010

diga com quem andas, mas (não) te direi quem és.

Desde pequena escuto minha mãe dizer, que a partir do dia que nascemos, fazemos parte da sociedade e devemos explicações para ela. Falava que temos que escolher com quem andamos, para não ficar com a reputação queimada e eu sempre batia de frente com ela e dizia que eu não devia nada a ninguém, falava, e falava quantas vezes fossem necessárias, "são eles que pagam minhas contas por acaso ?".

Ela brigava, e ainda briga e bate boca comigo por causa disso. E agora eu sei o porque ela diz isso. Ela tem medo, que falem o que eu não sou, que espalhem coisas por ai, que na verdade não sou eu que faço, e tem medo que minhas amigas façam isso.

Compreendo o que ela diz, e por um lado, concordo totalmente com ela. A sociedade, na maioria das vezes, não vai acrescentar algo novo na sua vida. Hoje em dia então, muito menos. Vivemos em meio ao caos, a violência, a prostituição, a meninas querendo adiantar a sua idade, meninos se drogando. Hoje não é como antigamente que alguém podia falar com quem você anda ou o que você deixava de fazer. Porque, por dentro, a pessoa que comenta sabe que também já fez algo de errado, ou anda com pessoas que já fizeram algo não tão bom.
Porém, devemos sim, ser seletivas ao escolher as amizades. Mas não é por isso que devemos andar só com quem é puro ou bom. Todos já pecaram, todos fazem coisas que prejudicam alguém. Portanto, devemos escolher pessoas que fazem bem para nós, pois a nossa imagem não somos nós que fazemos, e não é o que somos de verdade, já a consciência deve estar bem limpa.
Há pessoas que gostam mesmo, deste negócio de acompanhar a vida de todos como uma novela. Que falam mal, mas não tem idéia nenhuma de como a pessoa é de verdade, ai saem por ai espalhando e inventando o que não devem.
Então, antes de culpar amizades ou coisas ruins que acontecem, mães, pais, parentes e a sociedade no geral, deveria olhar mais para quem gera este tipo de informação, para que essas pessoas sim, parem de falar coisas que não devem, e para que estas cresçam de espírito e moral, coisa que hoje falta muito na sociedade.

-Pauta para Blorkutando!

2 comentários:

Projeto Sílaba Tônica disse...

Já está em andamento a segunda edição do Projeto Sílaba Tônica! Veja na comunidade e participe!
http://asilabatonica.blogspot.com/

Anônimo disse...

Nossa esse post me fez pensar de que falei mal de voce algumas vezes mas nao porque eu realmente achava e sim porque minhas amigas te "odeiam".Bom queria dizer isso, pois fiquei mal de falar de alguem pelas costas sem saber se é mesmo verdade.
Párabens pelo blog