18 de outubro de 2009

A verdadeira modernidade é extremamente preocupante !

A atualidade está mudando todos, de bebês a idosos, todos sofrem certas "mutações".
Crianças estão cada dia mais adiantadas, em todos os aspectos, sejam sociais, sexuais e educacionais. São mais extrovertidas, cada vez mais novas estão namorando, tendo relações sexuais e estão mais espertas do que antigamente. Cada vez mais também, aparecem noticias de que crianças e adolescentes estão desrespeitando professores, os antigos e tão admirados mestres, estão hoje em pânico por causa dessas violências. Todos sabem, que não gostamos de ir para aula, mas disso para partir para agressões físicas e verbais existe uma certa diferença. Tem um certo limite, nesse "não gostar".
As meninas antigamente brincavam de boneca e de mamãe até os 15 anos, hoje elas não brincam, mas sim são mães de verdade. Antes elas saiam para as festas para dançar e se divertir, hoje elas saem pensando com quantos vão ficar. Os meninos, até os 15 anos brincavam de bolinhas de gude e no máximo beijavam uma menina, hoje eles saem para as festas e ficam bêbados, entram e coma alcoólico, não se lembram do que fizeram na noite anterior, e serão pais prematuros, pois nem sequer sabem lavar um prato ou um talher.
Os pais também deixam a desejar. Liberam tudo para os filhos e não sabem as consequências que virão. Limites são bons, e os filhos no futuro irão agradecer por eles existirem, porque mais do que amigos, os pais são PAIS, são educadores, que devem ser admirados pela educação que dão aos filhos e não por deixarem os mesmos fazerem o que bem entendem. Começa de casa a educação que a criança vai ter. Na atualidade, quem manda na casa são as crianças, na maioria das vezes, por causa de pais que não impuseram respeito desde o começo. E vão ser essas crianças mimadas, que vão ter filhos com seus 15, 16 anos, vão ser elas que vão repetir os erros dos pais e cada vez mais a sociedade será adiantada.
Por essa sociedade adiantada, foi criado o toque de recolher, pois não se tem mais limite sobre as antigas inocentes crianças que estão entrando para a fase da rebeldia antes mesmo de "tirarem as fraldas".
Por isso, me preocupo com o futuro do país, pois poucos jovens tem a cabeça no lugar hoje em dia. Apenas uma pequena parcela sabe o que quer no futuro e sabe que precisarão estudar para ter um futuro promissor, o resto, seja de classe baixa, média ou alta, estão fazendo filhos, fumando maconha, cheirando cocaína, e como dizem "não estão nem ai para a porra do Brasil".

Pauta para Post It!

4 comentários:

ariane. disse...

Realmente. Tudo de hoje está mais avançado. Não só a tecnologia, mas as pessoas também! Na tecnologia, isso é ótimo. Mas, nas pessoas quase nunca (com excessão da maturidade cedo de poquissimas pessoas que é a única coisa positiva). Existe tempo para tudo. Mas, os jovens não esperam, não têm medo de nada. Poucos sabem, mas, o medo é bom, porque nos poupa de muita coisa. Se a gente não tivesse medo de leão, a gente chegaria perto e ele devoraria a gente. Asssim que eu penso. Aproveita sua mocidade, só que sempre tomando cuidado para destinguir coisas boas de coisas ruins.

Regina Zanette disse...

Ameeeeeeei! Eu sempre quis fazer uma texto assim, sobre as mudanças que ocorrem com as pessoas e até com nós menos todos os dias, mas nunca consegui haha
Tem selinhos pra você no meu blog, beijo :*

Tay'' disse...

Ounh *-* ameii o texto, ameii o seu blog, toh seguindo ^^

Pi disse...

Adorei o texto. O blog ta lindo
Beijos
Pi
ps: vivopensandoque.blogspot.com